O CORE é formado pelo grupamento de músculos centrais do corpo e estabilizadores da coluna vertebral. São eles: transverso do abdomem, reto abdominal, oblíquo interno e externo, eretores da coluna, músculos do glúteo, assoalho pélvico e diafragma.

O CORE é fundamental para todos os movimentos do corpo na vida diária, dos mais simples (levantar, sentar, deitar, empurrar, puxar) até os mais complexos ligados às atividades físicas (nadar, pedalar, jogar bola, correr, surfar).

Se o CORE é um pilar de sustentação e ligação, ele deve estar sempre em equilíbrio com a função de realizar os movimentos corretamente dentro de um padrão motor.

Quando há um desequilíbrio da musculatura do CORE, seja por tensão em excesso ou fraqueza, irá causar uma disfunção articular geral nos movimentos do corpo, gerando vícios posturais, problemas de ordem ortopédica crônicos, dores e demais disfunções corporais.

Sendo assim, quando ocorre esse desequilíbrio, os músculos não atuam de forma sinérgica e acabam limitando certos ou até todos os movimentos. Por isso, podemos afirmar que o fortalecimento do CORE é de VITAL IMPORTÂNCIA para evitar a ineficiência mecânica do corpo e a as dores por ela causadas e principalmente para a aprimorar O MOVIMENTO, que é a maior ferramenta que o ser humano possui!

E você, o que achou deste post? Se você tiver alguma sugestão por favor nos envie!

Por Mariana Cunha

Compartilhe:
  • O fortalecimento do core me ajudaria a eliminar dores no alto das costas na escápula?

    • Com certeza Claudio, exercite a musculatura da região do core e certamente você terá uma grande melhora nas suas dores nas costas.